Vídeo mostra batida entre dois Corollas feitos em 1998 e 2017

Um dos carros é quatro vezes mais fatal, de acordo com órgão de segurança

A versão mais atual do Toyota Corolla é quatro vezes mais segura que a de 1998, de acordo com teste recentemente realizado pela Ancap, órgão de segurança independente da Austrália e Nova Zelândia.

Em colisão gravada, os modelos Toyota Corolla Hatch bateram um contra o outro a 64 km/h. O vídeo acima mostra o momento em câmera lenta.

Observou-se, então, que o carro de 1998 sofreu falhas estruturais e demonstrou sérios riscos de lesão no boneco utilizado. Ele ficou com nota 0.4 entre 16 pontos possíveis – ou zero estrela – frente à pontuação de 5 estrelas – 12.93 pontos – do modelo atual.

O teste foi realizado como forma de demonstrar que carros antigos são muito mais perigosos que os atuais. De acordo com dados do órgão, veículos construídos até o ano 2000 correspondem a apenas 20% da frota, mas estão envolvidos em 33% dos acidentes fatais localmente. Enquanto isso, carros feitos a partir de 2011 correspondem a 31% da frota e apenas 13% dos acidentes do mesmo tipo – são, portanto, quatro vezes mais seguros.

Deixe sua opnião