Prefeitura e DNOCS perfuram poços em comunidades rurais

A Prefeitura de São Raimundo Nonato em parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca – DNOCS estão tomando iniciativas para amenizar os efeitos da devastadora seca que assola o município, perfurando poços em comunidades rurais. Esta semana foram pelo menos 04 poços perfurados, um na Lagoa Comprida com a perspectiva de boa vazão aproximadamente 6.000 (seis mil) litros D’água hora, Comunidade Pau Ferro (Caldeirão), com a perspectiva de boa vazão aproximadamente 8.000 (oito mil) litros D’água hora, Comunidade Garça, teve vazão de aproximadamente 1.200 (mil e duzentos) litros D’água hora por hora e na Comunidade Queimadinha, teve vazão de aproximadamente 800 (oitocentos) litros D’água hora por hora.

A implementação vai ajudar os moradores das comunidades beneficiadas, que embora não tendo água em suas torneiras, vão ter acesso a todo instante à água. Diante dessa crítica estiagem, cada vez mais os moradores que moram longe dos reservatórios carecem de atenção do poder público para passar por essa crise de água.

Estamos beneficiando aproximadamente 600 famílias com a escavação desses poços. São famílias que vinham enfrentando muitas dificuldades com a crise hídrica e agora terão água disponível para o consumo doméstico, irrigação e para os animais”, explica a prefeita, Carmelita Castro.

Os demais poços serão perfurados nas seguintes comunidades:  Comunidade Nascimento, Firmeza, Barreiro do Café, Macacos, Dois Irmãos, Poço I e  II, Novo Horizonte, Patos Cubículo, Germano, Cacimba, Lagoa do Meio II, Assentamento Poço do Angico, Vaca Brava e São Vitor – será perfurado 03.

Deixe sua opnião